ROSSETO C.; ROSSETO A., 2005

Título: Teoria Institucional e Dependência de Recursos na Adaptação Organizacional: uma visão complementar.

In: RAE-eletrônica, Vol. 4

Tipo documento: Artigo

Autor(es): ROSSETO, Carlos; ROSSETO, Adriana

Ano: 2005

Local: http://www.rae.com.br/eletronica/index.cfm?FuseAction=Artigo&ID=1869&Secao=FOR.TE.INS&Volume=4&Numero=1&Ano=2005

Palavras-Chave: Perspectiva institucional, adaptação estratégica, dependência de recursos, determinismo ambiental, isomorfismo.
Resumo:

O presente trabalho aborda o processo de adaptação estratégica organizacional utilizando para sua análise duas abordagens distintas: a perspectiva Institucional e da Dependência de Recursos. O texto em um primeiro momento apresenta uma revisão bibliográfica sobre as perspectivas e após a discussão de como a utilização de ambas na análise dos processos pode contribuir para seu entendimento. A perspectiva Institucional afirma que as organizações resistem às pressões do ambiente na extensão em que a tradição das empresas, o contexto ambiental, ou ambos, suportam tal resistência. Já a perspectiva da Dependência de Recursos sugere que as organizações adaptam-se às pressões na extensão em que os atores organizacionais corretamente percebem e gerenciam as mudanças necessárias. Portanto, para a compreensão de como os processos organizacionais que resultam na sobrevivência ou não das organizações ocorrem há que se considerar a visão das duas perspectivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *