LUNARDI, 2008

Título: Um Estudo Empírico e Analítico do Impacto da Governança de TI no Desempenho Organizacional

In:

Tipo documento: Tese de Doutorado

Autor(es): Lunardi, Guilherme Lerch

Ano: 2008

Local: http://hdl.handle.net/10183/13248

Palavras-Chave: governança de TI, gestão de TI
Resumo:

Existem fortes indícios de que os investimentos realizados em Tecnologia de Informação (TI) têm afetado positivamente o desempenho organizacional, mesmo sendo difícil mostrar e avaliar estes ganhos. A TI por si mesma não garante retorno à organização, mas sim a forma como ela é utilizada e gerenciada pelas mesmas. Entretanto, o modo como a TI é organizada e estruturada aparece como um dos problemas organizacionais mais difíceis de ser equacionado, ajudando a explicar porque muitas organizações obtêm diferentes resultados, utilizando, em muitos casos, a mesma tecnologia. Recentemente, surge na agenda dos executivos o termo governança de TI, buscando justificar e principalmente otimizar os investimentos realizados em TI. Embora alguns estudos tenham mostrado que empresas com bons modelos de governança de TI apresentam resultados superiores aos de seus competidores, as pesquisas científicas realizadas até agora não permitiram concluir se um desempenho superior da governança de TI se reflete no resultado financeiro da organização. Assim, buscou-se nesta tese de doutorado verificar se a governança de TI afeta o desempenho organizacional, investigando também qual a percepção dos executivos de TI quanto ao impacto dos mecanismos de governança de TI na gestão da TI. Para tal, foram realizados dois métodos distintos: um estudo de eventos e uma pesquisa survey. O estudo de eventos verificou se empresas que haviam adotado mecanismos formais de governança de TI melhoraram seu desempenho financeiro, examinando mudanças na performance antes e após a adoção, controlando as mudanças no desempenho através da média do setor. Já a pesquisa survey, realizada junto a executivos de TI de 81 empresas nacionais, verificou as relações existentes entre os diferentes mecanismos de governança de TI, o desempenho (percebido) da gestão da TI (avaliado pelos constructos alinhamento estratégico, valor da TI, gerenciamento de risco, gerenciamento de recursos, medidas de performance e accountability) e a utilização da TI pela organização. Os resultados permitiram concluir que as empresas com governança de TI melhoraram sensivelmente seu desempenho organizacional quando comparadas às demais empresas, especialmente no que se refere às medidas de rentabilidade (como ROA, ROE e Margem Líquida). Identificou-se, também, que o impacto desses mecanismos se potencializa com o tempo, ou seja, à medida que a sua implementação se torna mais madura, mais intensos são os seus benefícios. Vários mecanismos de governança de TI apresentaram correlação positiva significativa com os constructos referentes às áreas-foco da governança, sugerindo que quanto mais efetivos forem estes mecanismos, melhor será o desempenho da gestão da TI. Constatou-se, ainda, que quanto melhor o desempenho (percebido) da gestão da TI, mais eficaz tende a ser o uso da TI pelas organizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *